quinta-feira, 8 de setembro de 2011

23 - VITAMINAS COM SUAS FUNÇÕES - CARÊNCIA - EXCESSO - AONDE ENCONTRAR

Associação de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Rondônia
VITAMINAS  COM SUAS FUNÇÕES
(Foram extraídos os elementos não vegetarianos)

VITAMINAS
FUNÇÕES / IMPORTÂNCIA
CARÊNCIA / EXCESSO
FONTES
Vitamina A
Importante para a saúde da pele, olhos, dentes, cabelos e ossos. Ajuda no crescimento e aumenta a resistência de infecções em crianças.
Carência – cegueira noturna, lesões e ressecamento de pele e mucosas, retardo no crescimento
Excesso – Perda de apetite, amarelamento da pele, queda de cabelo, pele seca, fragilidade óssea.
Tomate, leite, manteiga, verduras amarelas, abóbora, folhosos verde escuro, melão, pêssego.
Vitamina B1Tiamina
Importante para o funcionamento dos músculos e cérebro, facilita a absorção dos glicídios principalmente no cérebro.
Redução do apetite, cansaço, obstipação, irritabilidade fácil, esquecimento, raciocínio lento, inchaço dos pés e mãos, perda de peso, debilidade muscular, fraqueza, taquicardia.
batata doce, banana, cereais integrais, frutas, arroz, leite, nozes, legumes, levedura
Vitamina B2 Riboflavina
Favorece o crescimento, formação das células vermelhas do sangue, integridade da pele, mucosas e da visão.
Sensibilidade ocular (coceira, ardência, fotossensibilidade), dor de cabeça frontal, língua inchada e avermelhada, queilose (rachaduras nos cantos da boca), seborréia, lesões na pele.
Cereais, leite e seus derivados, banana, lentilha, cenoura, cereais integrais, folhosos verde escuro.
Vitamina B3 Nicotinamida/ , ácido nicotínico ou niacina
Importante para a produção de energia nas reações celulares.
carência severa causa a Pelagra (doença caracterizada pôr 3D=dermatite, demência, diarréia) , tremores, língua amarga. Além de fraqueza musculares, diminuição do apetite, indigestão, insônia, fadiga.
Seu excesso pode causar o esgotamento do músculo cardíaco.

Ameixa, figo, tâmara, amendoim, grãos integrais, legumes
Vitamina B5 Ácido Pantotênico
Importante para a integridade da pele e mucosas, saúde capilar, e nos processos de cicatrização.
Sua carência pode causar dores de cabeça, náuseas e vômitos.
Carne de soja, cereais, tomate, levedura.
Vitamina B6 Piridoxina
Atua nos processos de : obtenção de energia dos alimentos, regulação da pressão arterial e função cardíaca, produção de anticorpos
Sua carência causa cansaço, vertigens, irritabilidade, convulsões,, lesões na pele, anemia, sonolência, depressão, perda de apetite.
Fatores que levam à carência – pacientes cardíacos, alcoolismo, uso de anticoncepcionais, idosos, adolescentes.
verduras, cereais, frutas, grãos, banana, melão, repolho, batata doce.
Vitamina B9
Ácido Fólico

Atua em diversas funções metabólicas.
Sua carência causa transtornos neurológicos e cutâneos, anemia, alterações digestivas – diarréia -, gengivites.
 leite, couve-flor, brócolis, espinafre, gérmen de cereais, batatas, legumes, folhas verdes, lentilha, feijão corda.
Vitamina B12 – Cianocobalamina
Atua na formação dos glóbulos vermelhos do sangue, na integridade das células nervosas da pele, e na formação do DNA.
Sua carência causa anemia com os sintomas de cansaço, falta de ar, palidez cutânea, dores de cabeça, irritabilidade, predisposição à infecções, perda de memória, diarréia e redução da absorção de nutrientes, inflamação na língua.
Fatores que levam à carência – cirurgia intestinal, uso abusivo de antiácidos, álcool, tabagismo, doenças gástricas (gastrite, gastroenterites, etc.).

verduras, cereais,  banana, lentilha, leite e derivados, cenoura, batata doce.
Biotina
Auxilia na digestão das gorduras e em várias reações químicas do organismo.
Sua carência causa alterações na pele, palidez, perda de apetite, dores musculares, insônia, dores no peito, aumento de colesterol, cansaço, náuseas, transtornos mentais.
Um dos fatores que levam à carência é o uso em grande quantidade de clara de ovo crua.
Carne branca, leite, legumes, cereais, nozes, chocolate, castanha.
Vitamina C
Previne hemorragias, protege os pulmões da ação dos resfriados e poluentes. Auxilia na absorção de ferro presente nos alimentos vegetais, mantêm a integridade da pele e mucosas e auxilia na cicatrização, além de fortalecer o sistema imunológico.
Fadiga, falta de apetite, emagrecimento, feridas na boca, fragilidade capilar, hemorragias, queda de cabelos.
ATENÇÃO: Suas necessidades são aumentadas em período de estresse e por fumantes.

Caju, acerola, goiaba, legumes, couve-flor, batata, aspargos, tomate, mamão, frutas cítricas, morango, abacaxi, pimentão verde.
Vitamina D
Contribui para a formação dos ossos e dos dentes, previne o raquitismo. Facilita a absorção do cálcio e fósforo.
Carência – raquitismo, fragilidade óssea (fraturas), dentes fracos, deformidades esqueléticas.
Excesso – calcificação óssea excessiva, cálculos renais, dor de cabeça, náuseas e diarréia.
Óleos vegetais, gérmen de trigo, luz solar (converte próvitamina D do organismo em vitamina D), leite, queijo.
Vitamina E
É antioxidante e atua protegendo a membrana celular, ajudando a retardar o envelhecimento.
Carência – Anemia e envelhecimento precoce, além de alterações musculares.
gérmen de trigo, verduras cruas, iogurte, óleos vegetais, folhosos, amendoim, leite, manteiga, espinafre.
Vitamina K
Fundamental para a coagulação sangüínea.
Carência – deficiência na coagulação sangüínea, hemorragias.
Excesso – hemorragias com placas vermelhas na pele.

iogurte, alface, brócolis, verduras cruas, couve-flor, óleos vegetais, repolho, soja, espinafre.
ATENÇÃO: é importante lembrar que uma parte da vitamina K é produzida no próprio organismo